Exibido em: 03.07.2018
AMEÇA PROCESSAR

Procurador quer proibir Conexão Poder de ser referir à Câmara como Casa dos Horrores

A Câmara de Vereadores de Cuiabá, por meio de sua procuradoria, comandada por Lenine Póvoas, notificou nesta terça (03) o site #reportermt e o Programa Conexão Poder, do mesmo grupo empresarial, para abolir o termo 'CASA DOS HORRORES' nas referências ao legislativo cuiabano. Em sua justificativa Lenine argumenta que, o termo, ultrapassa os limites da liberdade de expressão e é adjetivação difamatória. O advogado segue relatando que a Câmara possui 25 vereadores, 100 concursados e 350 comissionados e que, o termo, afeta a todos. Para Lenine, posturas antepassadas não podem ser herdadas, já que a composição da legislatura muda significativamente (faltou dizer que para pior). O procurador encerra dizendo que, caso a notificação não seja atendida, tomará as medidas judiciais para restabelecer a imagem e a honra do Parlamento. Que honra, senhor procurador? A de um legislativo cujo o primeiro ato do seu presidente foi tentar aumentar o próprio salário? Lenine perdeu a aportunidade, sinceramente, de ficar calado, sob pena de ver a Casa dos Horrores passar a ser chamada de CIRCO DOS HORRORES.