15 de Julho de 2021, 18h:00 - A | A

Lives / VOLTA ÀS AULAS EM MT

VÍDEO: Estado pode cortar ponto de professor que se recusar a trabalhar de forma presencial

Governo do Estado prepara volta às aulas presenciais com até 50% dos alunos nas escolas e demais em ensino remoto

DA REDAÇÃO



O secretário de Educação do Estado, Alan Porto, afirma em entrevista ao Conexão Poder, que a volta das aulas presenciais, junto com as remotas, está mantida para o dia 03 de agosto.

Questionado sobre a resistência de parte dos educadores em voltar às aulas, sem a aplicação da segunda dose da vacina contra o coronavírus, o secretário argumenta que o governo não quer punir, mas se preciso, pode chegar a cortar ponto e até abrir processo administrativo contra os que não comparecerem ao trabalho.

Veja a entrevista na íntegra:

Comente esta notícia

Antonio 24/07/2021

Os professores não vão ao supermercado. No banco, no shopping, não fazem churras ou festas! Os professores estão 100% em casa e não saem na rua com medo de contrair o vírus! Será primeiro de abril? Pura hipocrisia. Concordo com o governador, tem que voltar a trabalhar, por que outros setores estão trabalhando 100% e a edução do estado tem que ser diferente? Vamos fazer o seguinte, veja quantas horas estão dando aula por dia e paguem somente o produzido ou reduzam os salários.

María Aparecida 18/07/2021

Os professores da Educação estão muito certos se perderem seu ente querido que representa o sustento da sua família, quem vai ajudar ? sem falar que todos estão trabalhando sim, não precisa estar na pele do professor para saber disso, com toda certeza e o que estamos acompanhando pela mídia é isso mesmo, é uma simples nota de pesar e ponto, outro professor no lugar, agora é hora de unir e mudar o jogo e se Emanuel Pinheiro ir para o Governo devemos tentar é assim que deveria funcionar na Política, não esta com o Povo Trabalhador então saí, passe para outro tentar ajudar.

Daltron 16/07/2021

Isso só serve para fazer campnha antecipada para Gov. Emanoel Pinheiro 2022.

Ademir Pereira Costa 16/07/2021

O secretário está dizendo que dou R$ 3500,00 más não foi suficiente para comprar o notebook que eles exigiu tivemos que interara. Quanto à ajuda dê custo dá internet ele só depósito uma vez de R$ 70,00.

Marco Tulio Monteiro da Silva 15/07/2021

Concordo com o secretário no que tange as perdas dos alunos, mas façamos o seguinte, vamos matricular, na rede estadual de ensino, os filhos de todos os secretários, prefeitos, conselheiros do TCE... e aí sim, voltemos ao atendimento presencial.

Zorobabal fernandes da silva 15/07/2021

Pode voltar a boate dessas aulas nos não estamos comedo de governo e secretário estamos aqui pra trabalhar quando morrer alunos vcs vai ter que indenizar os pais

ana 15/07/2021

pau que bate em chico pelo jeito não bate em francisco. os professores da rede particular estavam trabalhando desde o começo do ano mesmo sem estarem vacinados, pegando onibus com varios trabalhadores que tambem não tem o salario garantido no final do mes não é?

7 comentários

1 de 1


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER