10 de Outubro de 2021, 12h:47 - A | A

Nacional / ASSALTO NA BOMBA

Bolsonaro diz que não vai deter aumento dos combustíveis na canetada

Os combustíveis somam a maior alta da inflação, que atingiu 1,16% em setembro, que representa o maior percentual do país desde a criação do plano Real.

CONEXÃO PODER




O presidente Jair Bolsonaro disse no sábado (09) que não vai "congelar o preço dos combustíveis comuma canetada". A declaração ocorreu em evento em Campinas (SP).
Os combustíveis somam a maior alta da inflação, que atingiu 1,16% em setembro, que representa o maior percentual do país desde a criação do plano Real.
Bolsonaro alega que não tem o poder de deter a Petrobras.
"Eu não tenho poder sobre a Petrobras. Eu não vou na canetada congelar o preço do combustível. Muitos querem. Nós já tivemos uma experiência de congelamento no passado”, disse Bolsonaro em referência à intervenção de Dilma Rousseff.

As informações são do site Metrópoles (Leia mais)

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER