24 de Agosto de 2021, 11h:00 - A | A

Nacional / FAKE E EXTREMISMOS

Doria: 2022 não será uma eleição para bonzinhos

Doria disse ainda que “se preparou” para disputar as eleições prévias de seu partido “respeitando” os outros candidatos, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, Arthur Virgílio e o senador Tasso Jereissati.

PODER 360




O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta 2ª feira (23.ago.2021) que “2022 não será uma eleição para bonzinhos”. Ele participa do programa Roda Viva, da TV Cultura. “2022 não será uma eleição para bonzinhos, será uma eleição difícil, de extremismos e de muita dificuldade. Se preparem para um festival de fake news”, disse o tucano, que disputa as prévias do PSDB.

Doria disse ainda que “se preparou” para disputar as eleições prévias de seu partido “respeitando” os outros candidatos, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, Arthur Virgílio e o senador Tasso Jereissati. Nesta 2ª feira, o jornalista Augusto Nunes, do R7, disse que Jereissati desistiu de disputar as prévias do PSDB. Segundo Doria, ele “infelizmente” tomou essa decisão.

O governador já afirmou que as prévias do PSDB podem fazer deputados saírem do partido. “Ficarão os bons, ficarão aqueles que têm o espírito do PSDB e querem lutar pelo PSDB e, principalmente, lutar pelo Brasil”, declarou. Segundo ele, essa “decantação” interna resultaria no fortalecimento da sigla.

TROCA DE FARPAS COM AÉCIO

O governador subiu o tom contra o deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG), seu colega de partido, ao ser questionado sobre as declarações do congressista, que já disse que candidatura Doria poderia levar o PSDB a um “isolamento” e o transformaria em um partido “nanico”.

“Aécio Neves tem a síndrome da derrota, e começou a sua pior derrota naquele triste telefonema que dirigiu a um empresário aqui de São Paulo pedindo propina. Entendo que pessoas que pedem propina a empresários, do meu partido, deveriam se afastar”, afirmou.

Ele ainda disse que Neves é “um pária dentro do PSDB” e que “tem a síndrome da derrota”. Declarou ainda: “Terei o prazer de vencer aqueles que pensam como pensa Aécio Neves e o dever de proteger, amparar e estar ao lado daqueles que defendem o PSDB como Fernando Henrique Cardoso”.

 

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER