24 de Agosto de 2021, 20h:00 - A | A

Nacional / ANTECIPANDO 2022

Doria diz que Bolsonaro é doente e deveria passar por “análise psiquiátrica”

Governador afirma que presidente será derrotado em 2022 e o classifica como um psicopata.

PODER 360




O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta 2ª feira (23.ago.2021) que o presidente da República, Jair Bolsonaro, é doente, autoritário, negacionista e deveria passar por uma “análise psiquiátrica” que lhe dê um diagnóstico. Segundo o tucano, o chefe do Executivo “não gosta de diálogo”.

“É um autoritário, além de ser um negacionista. E, ao meu ver, é um psicopata, é um homem doente. Se for submeter Bolsonaro a uma análise psiquiátrica, vão concluir claramente que ele é um doente”, disse o tucano em entrevista ao Roda Viva, da TV Cultura.

Doria comentava sobre a possibilidade de um encontro entre Bolsonaro e governadores. O tucano diz não acreditar que isso seja possível. Os chefes estaduais tiveram reunião na manhã desta 2ª feira (23.ago) para debater a crescente tensão entre os Poderes.

Ao comentar sobre as eleições de 2022, Doria evitou uma escolha entre Lula ou Bolsonaro em um hipotético 2º turno entre os 2. O governador diz acreditar na viabilidade de uma 3ª via. Participará das prévias do PSDB em novembro para tentar encabeçar esse nome.

Sobre uma possível ruptura institucional em torno do debate sobre o voto impresso, Doria diz que Bolsonaro está “preparando o discurso para sua derrota“. “Ele será derrotado nas eleições de 2022. É inacreditável que uma pessoa que tenha sido eleito pela urna eletrônica, portanto pelo voto eletrônico, conteste sua própria eleição. Ele foi eleito pelo voto eletrônico”, completa.

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER