06 de Setembro de 2021, 20h:00 - A | A

Nacional / GUERRA ENTRE PODERES

Moares “reinventou AI-5 piorado”, diz Carla Zambelli

Deputada bolsonarista respondeu à publicação do ministro sobre a autonomia do STF.

PODER 360




A deputada Carla Zambelli (PSL-SP) disse nesta 2ª feira (6.set.2021) que o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes ficará marcado como o “reinventor do AI-5 Piorado”. A bolsonarista se refere ao Ato Institucional 5, o mais radical durante o período da ditadura militar (1964-1985).

A acusação de Zambelli foi uma resposta a um tweet do ministro do Supremo postado em 5 de agosto deste ano. Na ocasião, Moraes reafirmou a autonomia da Corte em meio a “ameaças vazias e agressões covardes”.

Zambelli publicou a resposta 1 mês depois da publicação de Moraes. O motivo pode ser a decisão dada pelo ministro nesta 2ª feira (6.set) de prender mais um apoiador do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que planejava organizar atos criminosas durante os protestos de 7 de setembro. Márcio Giovani Nique foi detido preventivamente em Santa Catarina, aonde mora. Há poucos dias, Nique afirmou em vídeo que “um empresário grande está oferecendo uma grana federal que vai sair pela cabeça [do ministro do STF] Alexandre de Moraes, vivo ou morto”.

Na visão da deputada Carla Zambelli, a prisão não se justifica, pois Nique apenas se manifestou em live convocando pares para os atos da 3ª feira (7.set.2021). No domingo (5.set), Zambelli prestou depoimento à PF no inquérito que apura possível organização de atos violentos no 7 de Setembro. A deputada afirmou que continuará questionando “atitudes e decisões arbitrárias e inconstitucionais” e que tem imunidade por “quaisquer opiniões sobre atitudes do ministro Alexandre de Moraes”. Afirmou que não praticou nenhum ato ilícito.

Mencionado pela congressista, o AI-5 foi tema de debate nos últimos meses por conta de manifestações de bolsonaristas pedindo o retorno do Ato Institucional. O dispositivo em questão dava poderes ao então governo militar para aplicar censura e decretar o recesso a outros poderes. Foi o mais radical dos 17 atos institucionais adotados de 1964 a 1969.

 

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER