13 de Setembro de 2021, 10h:10 - A | A

Nacional / TRANSMISSIBILIDADE DE 0,87

Portugal deixa de exigir uso de máscaras nas ruas

País tem quase 90% dos habitantes imunizados contra a covid

PODER 360




Depois quase um ano, a lei que obrigada o uso da máscara facial nas ruas de Portugal deixa de ser válida a partir desta 2ª feira (13.set.2021). Agora, o uso é apenas recomendado.

Documento publicado nesta 2ª feira (13.set) pela DGS (Direção Geral da Saúde) orienta que o equipamento de proteção seja usado nas ruas “quando é previsível a ocorrência de aglomerados populacionais ou sempre que não seja possível manter o distanciamento físico recomendado”.
A DGS recomenda que as “pessoas mais vulneráveis”, como as que possuam doenças crônicas ou as imunossuprimidas, continuem a circular com máscara.

O uso continuará a ser obrigatório em: estabelecimentos de educação; espaços comerciais e de prestação de serviços; edifícios públicos ou de uso público; salas de espetáculos, cinemas ou similares; transportes públicos; locais de trabalho, quando não é possível que haja distanciamento físico; lares de idosos;

Em 1º de setembro, Portugal reabriu suas fronteiras para brasileiros em viagens não essenciais. Para entrar, é necessário apresentar um teste negativo para covid-19. Os visitantes não precisam estar vacinados. Portugal tem, segundo o Our World in Data, mais de 86% de sua população com ao menos uma dose de vacina anticovid. Quase 80% estão completamente imunizados. O último boletim divulgado pela DGS, no domingo (12.set), mostra que o país tem 240,7 casos de infeção por 100 mil habitantes e Rt (índice de transmissibilidade) de 0,87.

 

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER