08 de Julho de 2021, 16h:55 - A | A

Poderes / CONTRAVAPOR

Botelho rebate Mauro: "Aqui não tem doido atrás de voto"

Declaração do deputado é referente às críticas do governador a respeito da derrubada de vetos e aprovação da PEC da Empaer

DAFFINY DELGADO
DA REDAÇÃO




O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho, rebateu na manhã desta quinta-feira (8), as críticas do governador Mauro Mendes, ambos do DEM, após o Legislativo aprovar a Proposta de Emenda à Constituição 10/21, conhecida como PEC da Empaer.

Uma das críticas do governador é que os deputados estavam fazendo "o samba do crioulo doido" e aprovando projetos para conseguir "votinhos em 2022".

Segundo Botelho, apesar da maioria ser da base governista, a Assembleia age de forma independente.

"A Assembleia vem agindo de forma independente há muito tempo. Um dos grandes legados que estamos deixando é essa mudança de posição. É uma independência total, os projetos passaram a ser todos modificados", continuou Botelho em entrevista à rádio Jovem Pan.

Leia também:
Mauro critica deputados: "Estão mentindo para ganhar votos; lei não para em pé"
Mauro vai recorrer contra decisão de deputados: "É a PEC do privilégio"

"E ainda assim fizemos grandes discussões e aprovamos projetos que foram importantes para o Estado estar na condição que está hoje. Mas, AL vem de lá para cá, tendo essa independência de discussões e de posição. Eu diria que o certo não é 'samba do criolo doido', o certo é aquela 'dança do quadrado', cada um no seu", defende.

O deputado ainda destacou que se existe inconstitucionalidade em algum projeto, quem decide é o Judiciário.

"A decisão final é da Justiça. Aqui não tem ninguém doido e nem correndo atrás de votos. Estamos tomando decisões que entendemos ser acertadas no momento", comentou o deputado Botelho.

A PEC da Empaer foi aprovada na terça-feira (06) por unanimidade dos deputados estaduais durante sessão extraordinária na Casa de Leis. O projeto obriga o Governo do Estado a contratar 61 servidores, que foram demitidos após as contratações serem apontadas como irregulares pela Justiça.

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER