11 de Janeiro de 2022, 08h:49 - A | A

Poderes / COVID EM MT

De cada 100 internados, 95 não se imunizaram; taxa de morte entre vacinados é de 0,28%

A informação é do secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, nesta segunda-feira.

RAFAEL DE SOUZA
DA REDAÇÃO



O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, confirmou nesta segunda-feira (10) que 95% dos casos de internações nas unidades públicas de Mato Grosso são de pessoas que ainda não tomaram sequer uma dose de vacina contra covid-19.

A taxa de morte entre pacientes vacinados, segundo o secretário, é de 0,28%, por isso pediu para que aqueles que ainda não se imunizaram procure um posto de saúde o mais rápido possível.

“O índice de pessoas vacinadas que hoje estão internadas é muito pequeno, inclusive as que são acometidas com influenza. Das pessoas vacinadas hoje que precisam de hospitalização, o percentual de óbitos é de 0,28%. Isso mostra a eficácia das vacinas, por isso é muito importante que aqueles que não se vacinaram ainda se vacinem”, afirmou.

Figueiredo argumentou que apesar de o número de casos ter crescido, a quantidade de óbitos é baixa justamente por causa da vacinação. Ele também destacou que o aumento de infectados está ligado ao comportamento da população.

Além disso, as festas de fim de ano tem relação direta com este momento da pandemia.

“Se você reúne um monte de gente no mesmo local, facilita a vida do vírus”, pontuou.

A declaração do secretário de Saúde ocorre em um momento em que há explosão de casos e já faltam Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em alguns municípios do Estado. Inclusive há cidades que decidiram proibir eventos para evitar que o vírus se espalhe ainda mais.

Mesmo assim, somente neste fim de semana a Secretaria de Estado de Saúde (SES) notificou 21 mortes.

Mato Grosso está entre os 10 estados com maior média móvel de óbitos do país.

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER