23 de Setembro de 2021, 09h:12 - A | A

Poderes / MEDIDAS REVOGADAS

Decisão do STJ autoriza retorno do conselheiro Waldir Teis ao TCE

Conselheiro era o último que ainda permanecia afastado do Tribunal de Contas do Estado por supostos esquemas de corrupção.

RAUL BRADOCK
DA REDAÇÃO




Decisão do ministro Raul Araújo, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), revogou as medidas cautelares do conselheiro Waldir Teis, que está afastado do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso por suposto esquema de corrupção. A decisão, proferida nesta quarta-feira (22), também autoriza o retorno dele aos trabalhos.

“Efetivamente não há mais razão para serem mantidas as medidas cautelares às quais atualmente está submetido o acusado, razão pela qual deve ser relaxadas”, pontuou o ministro.

Teis foi afastado do TCE com outros 4 conselheiros na Operação Malebolge, em 2017. Os ministros foram acusados pelo ex-governador Silval Barbosa, em delação premiada, de terem recebido R$ 53 milhões em propina para que liberassem a continuidade das obras da Copa do Mundo de 2014, que estavam paralisadas. Além disso, a propina também serviria para que a Corte de Contas aprovasse as contas da gestão Silval.

Em 1° de julho de 2020, ele foi preso pela Polícia Federal em flagrante, ao tentar atrapalhar buscas e apreensões que eram realizadas em um de seus endereços.

A situação foi grava por câmeras de segurança de um prédio em Cuiabá, onde ele é visto jogando xeques no lixo. No argumento da defesa, a situação se deu pelo fato de estar assustado e não porque estaria envolvido em algo ilícito.

Leia mais

Waldir Teis cancela pedido de aposentadoria e tenta voltar ao TCE

STJ determina retorno de conselheiros afastados ao TCE

PF prende Waldir Teis, conselheiro afastado do TCE

MPF denuncia conselheiro flagrado jogando cheques milionários no lixo

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER