13 de Março de 2022, 09h:25 - A | A

Poderes / "POBRES E FÁCEIS"

Deputados de MT repudiam Arthur do Val por falas sexistas contra ucranianas

Proposta pelo deputado estadual Xuxu Dal Molin (PSC) é em protesto às declarações do deputado de SP, que disse que as ucranianas são fáceis porque são pobres

DA REDAÇÃO



A Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (ALMT) aprovou, na sessão plenária desta quarta-feira (9), uma moção de repúdio contra o deputado Arthur do Val (sem partido), do estado de São Paulo.

Proposta pelo deputado estadual Xuxu Dal Molin (PSC), a manifestação é uma resposta aos áudios de teor sexista atribuídos ao parlamentar paulista direcionado a refugiadas ucranianas, em meio a guerra contra a Rússia.

“As falas que não merecem ser reproduzidas, em razão de seu conteúdo absurdo, revelam seu mal caráter, sua índole perigosa, mesquinha e machista (...). Não se pode permitir que este comportamento se reproduza em nenhum ambiente, especialmente o público”, diz trecho do documento assinado por Dal Molin.

“Não estou aqui para falar que este deputado é isto ou aquilo, mas sim para mostrar para o Brasil com o que não concordamos. Foi infeliz [deputado] e, na minha opinião, falando em grupo fechado ou não, você está expressando o que o seu caráter é. Investido de mandato ou não”, afirmou o autor da propositura.

Única mulher no Parlamento, Janaína Riva (MDB) também defendeu a aprovação da propositura. Ao citar as dificuldades enfrentadas pelo público feminino, em especial as mulheres ucranianas, a deputada mato-grossense reforçou a necessidade da mudança comportamental a fim de reduzir o preconceito.

“Políticos que tratam a mulher desta forma, como o deputado Arthur do Val tratou, que descrevem mulheres de forma tão pejorativa, merecem sim, na minha opinião perder o mandato”, assevera Janaína. 

“Confesso que acompanhei estarrecido a notícia e demorei uns dois dias para ter coragem de ouvir aquele áudio. Um áudio repugnante, nojento. Como é que um parlamentar que obteve quase 500 mil votos é capaz de expressar em palavras um sentimento tão mesquinho e repugnante contra as mulheres”, complementou o deputado Valdir Barranco (PT).

Os deputados estaduais Suelme Fernandes (PPS) e Sebastião Rezende (PSC) também se posicionaram contra as falas proferidas por Arthur do Val. Eles também endossaram o discurso pela aprovação da Moção de Repúdio.

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER