06 de Setembro de 2021, 10h:00 - A | A

Poderes / ASSISTA

Emanuel estuda afastar professores que não se vacinarem contra a covid

Em Cuiabá, vacinação para profissionais da educação começou em junho; apenas 48 não se vacinaram

CAMILLA ZENI
DA REDAÇÃO




O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), estuda implantar uma licença para afastar os professores que não quiserem se vacinar contra a covid-19. 

De acordo com o gestor, a Secretaria Municipal de Educação já sabe que, dos cerca de 7 mil professores, 48 decidiram não se vacinar. Apesar de considerar "um absurdo", Emanuel destacou que a vacinação não é obrigatória, mas que não pode colocar em risco a saúde dos demais.

"Eu pedi para a secretária que estudasse uma proposta porque nós não podemos obrigar você a ser vacinado, mas, no momento em que você vai para a sala de aula, aí é a saúde coletiva. Não podemos deixar você colocar em risco a saúde de outros, principalmente de crianças e dos seus colegas", disse o prefeito.

Segundo Emanuel, a proposta é de afastamento sem ônus. Ela ainda é estudada pelo Município e deve ser debatida na próxima quarta-feira (8).

"A gente tem que respeitar, apesar de eu, particularmente, considerar um absurdo. Não entendo porque a pessoa rejeita a vacina. Está comprovado que é a única forma de vencermos essa guerra travada contra a covid-19. Então vamos adotar a melhor medida dentro da lei e da Justiça", acrescentou o gestor.

Em Cuiabá, a vacinação dos profissionais da educação começou no dia 4 de junho, depois que, em 28 de maio, o Ministério da Educação tornou os profissionais do ensino uma prioridade na fila de imunização. Ao todo, seriam 15 mil profissionais, abrangendo todas as profissões que atuam nas unidades de ensino.

Por conta da pandemia, as aulas presenciais estão suspensas desde maio de 2020, e a previsão é de que retornem apenas no iníico de outubro, quando o ciclo vacinal dos profissionais da educação já estiver completo. Além disso, a Capital já vacina jovens de 18 anos e se organiza para iniciar a vacinação das faixas etárias mais baixas. Segundo o Ministério da Saúde, adolescentes acima de 12 anos já podem ser vacinados contra a covid-19.

Assista a fala do prefeito aqui, divulgada pelo portal Veja Bem MT:

Comente esta notícia

Joselina Lucia dos Santos Souza 06/09/2021

É lamentável que um professor não pense na saúde de seus alunos. Parabéns Prefeito!

1 comentários

1 de 1


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER