22 de Outubro de 2021, 18h:10 - A | A

Poderes / CONSIDERA DESPROPORCIONAL

Jayme diz que afastar Emanuel da Prefeitura foi exagero

O prefeito Emanuel Pinheiro foi afastado no âmbito da Operação Capistrum, deflagrada na terça-feira (19). No pedido feito pelo Ministério Público à Justiça

DA REDAÇÃO




O senador Jayme Campos (DEM) avaliou que teria havido "exagero" por parte da Justiça mato-grossense ao determinar o afastamento judicial do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB).

Jayme afirmou não saber em relação à falta de capacidade técnica dos funcionários temporários que teriam sido contratados na Saúde por indicação política, mas pontuou que, em um país democrático, indicações existem, assim como contratações temporárias são comuns e ocorrem em todas as prefeituras.

“Se esse foi o fato, pra mim não tinha motivo nenhum. Acho que houve um certo exagero em afastar um prefeito da Capital do estado, que acabou de ganhar a eleição aqui, acho que houve um certo exagero”, disse, em entrevista à rádio Capital FM, na manhã desta sexta-feira (22).

O prefeito Emanuel Pinheiro foi afastado no âmbito da Operação Capistrum, deflagrada na terça-feira (19). No pedido feito pelo Ministério Público à Justiça, o órgão citou obstrução de justiça, prevaricação e organização criminosa. 

Saiba mais

MPE quer que Emanuel fique afastado da Prefeitura por seis meses

Emanuel e Márcia Pinheiro depõem sobre contratações

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER