15 de Julho de 2021, 07h:16 - A | A

Poderes / BARRADO PELO TJMT

Juca recorre na Justiça para garantir verba de R$18 mil a vereadores de Cuiabá

Os próprios vereadores aumentaram a verba indenizatória e recebem o novo valor desde janeiro deste ano. No entanto, o MP questionou na Justiça e o TJ barrou o ‘reajuste”.

CAMILA ZENI
DA REDAÇÃO




A Câmara Municipal de Cuiabá entrou com recurso, por meio de sua Procuradoria Geral, para tentar reverter a decisão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), que não autorizou o reajuste da verba indenizatória (V.I) dos parlamentares da Capital, no valor de R$ 18,9 mil.

O documento encaminhado à Justiça no dia 9 de julho, é assinado também pelo vice-presidente, Lilo Pinheiro (PDT).

No documento, os vereadores apontam “omissão, obscuridade e contradição” sob os argumentos que levaram à decisão de barrar o novo valor da verba indenizatória.

A decisão é referente à ação proposta pelo chefe do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, o procurador-geral de Justiça José Antônio Rosa, de que o valor do subsídio é superior ao de seus beneficiários e a verba indenizatória deve ser de somente 60% do salário dos vereadores.

Leia mais

Justiça corta verba indenizatória de R$ 18,9 mil de vereadores de Cuiabá

Vereadores de Cuiabá aumentam própria Verba Indenizatória de R$ 9 para R$ 18,9 mil

Sancionada lei que dobra verba indenizatória de vereadores

Cada vereador tem direito a um salário de R$ 15 mil e, desde o início do ano, à verba indenizatória de R$ 18,9 mil. O relator, que teve seu voto seguido pela maioria, também questionou a não prestação de contas.

A verba indenizatória é paga ao vereador em efetivo exercício de forma compensatória ao não recebimento de diárias, passagens, serviços e produtos postais, assinatura de publicações, locomoção e contratação para fins de apoio, sem a necessidade de prestação de contas.

Conforme recurso, a decisão do TJMT não apontou a porcentagem de 100%, 60% ou total suspensão da lei que instituiu a verba, fato que gerou dúvidas sobre o quantum a Câmara pode ressarcir.

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER