11 de Julho de 2021, 07h:50 - A | A

Poderes / CEPA ANDINA

Mato Grosso pode instalar barreiras sanitárias para evitar invasão de variante

Menos de 10% da população já foi imunizada com as duas doses ou dose única de vacinas contra a covid e com 720 quilômetros de faixa de fronteira seca tem grande risco.

SILVIA DEVAUX
DA REDAÇÃO




O secretário de Saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, garantiu que o Governo do Estado está muito preocupado e não descarta a instalação de barreiras sanitárias para evitar a entrada da cepa andina no Estado.

"Existe uma preocupação de fazer isso. Barreiras internacionais é a cargo do Ministério da Saúde. O Estado não tem essa autonomia, mas está sendo discutido", revelou durante visita do ministro Marcelo Queiroga, nesta sexta-feira (9).

Leia também:
MT pode ganhar adicional de vacinas por fronteira com a Bolívia, garante ministro

 

A maior preocupação do Governo do Estado é a de evitar a entrada dessa variantes, que têm se mostrado muito mais contagiosas e agressivas.

Em Mato Grosso,  menos de 10% da população já foi imunizada com as duas doses ou dose única de vacinas contra a covid e com 720 quilômetros de faixa de fronteira seca tem grande risco.

Conforme o Painel Covid-19 da Secretaria de Estado de Saúde (SES), até a tarde de quinta-feira (8) foram registrados em Mato Grosso 12.263 óbitos em decorrência da covid; 20 mortes só nas últimas 24 horas.

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER