17 de Janeiro de 2022, 16h:24 - A | A

Poderes / PONTO FINAL

Mauro: Centro de Triagem não será reaberto; passou da hora da prefeitura agir

O Centro de Triagem foi fechado em outubro de 2021, mas é foco da discussão entre os dois principais líderes do Estado nas últimas semanas.

EUZIANY TEODORO
DA REDAÇÃO



O governador Mauro Mendes (DEM), mais uma vez questionado se atenderá o pleito do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), e reabrir o Centro de Triagem da Covid-19 na capital, foi categórico na resposta.

“O Centro de Triagem não vai ser reaberto. Isso é função da prefeitura. Ela tem que exercer essa função. Já passou da hora de ela fazer isso”, afirmou o governador, em entrevista à imprensa nesta segunda-feira (17).

O Centro de Triagem foi fechado em outubro de 2021, quando os casos de covid-19 estavam em considerável baixa, mas se tornou foco da discussão entre os dois principais líderes do Estado há semanas. Emanuel cobrou a reabertura do local, onde eram feitos testes e distribuídos medicamentos de combate ao coronavírus, custeado pelo Governo. Segundo ele, o atual surto de contaminação preocupa e sobrecarrega a rede municipal de saúde.

Mauro, por outro lado, não admite reabrir o Centro, pois segundo ele, testes e medicamentos devem ser distribuídos pela rede de atenção básica, que é função dos prefeitos municipais.

“A Prefeitura tem que comprar testes, tem que comprar medicamentos, tem que contratar médicos, ela recebeu dinheiro pra isso e tem que exercer esse papel”, enfatizou.

Sobre a reabertura de leitos de UTI em pactuação com os municípios, tendo em vista o aumento de casos por todo o Estado, Mauro confirmou que já reabriu alguns, mas vai cobrar que cada um se responsabilize por seus serviços.

“Já mandamos reabrir algumas UTIs, estamos fazendo esse trabalho, mas vamos exigir que todos os entes em contratualização possam manter esse mesmo nível de serviço para atender a população”, concluiu.

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER