27 de Dezembro de 2022, 07h:00 - A | A

Poderes / DESCONTO DA ALÍQUOTA

Mauro descarta que governo vá apresentar nova proposta de isenção dos aposentados

A PEC da Previdência foi reprovada na Assembleia Legislativa, mas a medida ainda pode ser revista já que os deputados da nova legislatura ainda podem apresentar outra proposta

APARECIDO DO CARMO
DO CONEXÃO PODER



O governador do Estado, Mauro Mendes (União), disse que o governo não deve apresentar uma proposta para alterar taxação dos aposentados e pensionistas do Estado. A expectativa de que o Governo apresentasse uma nova proposta surgiu quando a PEC da Previdência foi reprovada na Assembleia Legislativa.

“Estudamos e vimos que não era possível fazer nada”, se limitou a dizer o chefe do Executivo Estadual.

 A proposta  reprovada na  Assembleia previa a isenção da contribuição previdenciária aos aposentados e pensionistas que recebem até R$ 7 mil. Com a reforma da Previdência feita em 2020, são isentos aposentados que ganham até R$ 3,3 mil.

 

 O então secretário-chefe da Casa Civil, Rogerio Gallo, chegou a dizer que esse projeto poderia destruir completamente a reforma da previdência feita no estado dois anos atrás.

 

 Apesar da reprovação na Assembleia, os deputados da nova legislatura, que toma posse em fevereiro, podem apresentar nova proposta para modificar o desconto da alíquota dos aposentados e pensionistas, mas essa medida precisa levar em consideração o equilíbrio fiscal e, ao mesmo tempo, considerar as demandas dos servidores.

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER