03 de Setembro de 2021, 07h:17 - A | A

Poderes / CASO NOTRE DAME

MPE vai pedir instauração de inquérito militar para apurar voo do Ciopaer

Ciopaer sobrevoou com uma bandeira do Brasil a escola onde, dois dias antes, professora foi suspensa por criticar Bolsonaro

CAMILLA ZENI
DA REDAÇÃO




O procurador de Justiça Paulo Henrique Amaral Motta, responsável pela promotoria criminal do Ministério Público Estadual (MPE), informou que vai pedir a instauração de um inquérito policial militar para apurar o voo de um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) sobre uma escola particular de Cuiabá.

Segundo o Ministério Público, o pedido, que partiu de uma manifestação do juiz Marcos Faleiros, da Vara Militar de Cuiabá, segue para a Corregedoria Geral da Polícia Militar. A Ouvidoria Geral de Polícia também informou que vai pedir investigação para saber se houve uso do helicóptero para fins políticos.

O caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (2), quando trabalhadores e estudantes do Colégio Notre Dame de Lourdes foram surpreendidos com uma aeronave do Ciopaer com uma bandeira do Brasil.

De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), tratou-se de um voo a pedido da escola, por ato alusivo à semana da Pátria (7 de setembro).

Entretanto, a manifestação foi considerada polêmica uma vez que há apenas dois dias uma professora foi suspensa da instituição por fazer comentários contra o governo Bolsonaro (sem partido) na sala de aula.

A situação rendeu repercussão nacional e envolveu até mesmo deputados federais. Túlio Gadêlha (PDT-PE) já informou que vai acionar a Justiça Militar para investigar se o caso foi uma intimidação à posição da professora. O deputado de Mato Grosso Lúdio Cabral (PT) também informou que vai acionar a Justiça pelo mau uso do dinheiro público.

Leia mais

Ouvidoria da polícia desconfia de ato político e pede explicações ao Ciopaer

Juiz pede que MP apure sobrevoo de militares em escola onde professora foi afastada

Coronel do Ciopaer nega manifestação política: "Foi pedido da escola"

VÍDEO: Helicóptero do Ciopaer sobrevoa escola em que professora criticou Bolsonaro

Professora cuiabana é afastada de escola por chamar Bolsonaro e apoiadores de corruptos

Comente esta notícia

Regina 03/09/2021

Pasma-nos essa postura ardilosa .como está,colocando a Escola Notre Dame sob uma posição de ataque e constrangimento de maneira injuriosa E uma escola que há 50 anos vem trabalhando na formação de crianças e jovens ,baseado ao Carisma da Santa EMiLLIE DE VILlENEUVE, além dos dedicados aos menos favorecidos Fazemos parte há 06 anos como Leiga nos trabalhos com formações adequadas a construção da missão Divina , dedicada desta Congregação , sediada na França. É necessário sim , que haja investigações, para colocar a termo este ato arbitrário e acusatório em desfavor deste Colégio de Acreditacao Internacional,,que brilhantemente zela pela Educação dos jovens desta capital.

1 comentários

1 de 1


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER