04 de Julho de 2022, 16h:00 - A | A

Poderes / VEJA O VÍDEO

Paccola diz que agiu tecnicamente: "Homem que saca arma para mulher, saca para executar"

Vereador tem convicção que câmeras de segurança irão confirmar exatamente sua versão

EUZIANY TEODORO
DAFFINY DELGADO



O vereador Tenente Coronel Marcos Paccola, que matou o agente do socioeducativo Alexandre Miyagawa, 41 anos, na última sexta-feira (1º), falou com a imprensa nesta segunda e reafirmou que agiu tecnicamente. Ele garantiu que o homem estava armado e, pela sua experiência, o pior aconteceria.


“Como técnico no assunto, eu sei que homem não saca arma para ameaçar mulher. Geralmente a ameaça é física, ela é verbal. Quando um homem saca uma arma contra uma mulher, ele saca pra executar. Executa e foge ou executa e suicida”, afirmou.
Paccola conta que passava pela região, quando viu uma aglomeração de pessoas e confusão. Ao descer para verificar do que se tratava, disse que viu Alexandre, conhecido como “Japão”, com arma em punho e ameaçando a namorada, Janaina Sá. Neste momento, teria dado voz de prisão e, ao não ser atendido, atirou e matou o homem.


“Eu me vi no dever de agir. Verbalizei quatro ou cinco vezes para ele largar a arma. Quando ele abaixa a arma, colocando na direção dela [Janaina] e já fazendo a menção de virar para mim, foi quando efetuei os disparos.”


Paccola tem certeza que as imagens de câmeras de segurança do local comprovarão sua versão.


“Eu tenho convicção que as imagens vão mostrar. A polícia já esta lá coletando essas imagens e vai ver que a versão que eu coloco é exatamente a versão das imagens, diferente da versão que algumas pessoas estão dizendo que ele não estava com arma na mão, que ele não sacou a arma ou coisa parecida”, disse.


O vereador lamentou ter que agir contra um colega de profissão, mas diz que não poderia ter agido de outra forma.


“Tomei a atitude para a qual fui treinado, seguindo o juramento de defender a sociedade, servir e proteger, mesmo com risco à própria vida. Sou servidor, sou vereador, tenho família, tenho uma estrutura totalmente estável. É triste demais na minha posição... imagine tirar a vida de um colega de profissão. Uma situação que realmente não gostaria de estar passando, mas fiz na certeza de ter feito um procedimento técnico, a forma correta.”

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER