05 de Setembro de 2021, 15h:44 - A | A

Poderes / EMANUEL X JANAINA

"Partido sem disputa interna está acabado", diz presidente do MDB

José Lacerda tenta amenizar briga de Janaína e Emanuel, que já dura quase um ano

CAMILLA ZENI
DA REDAÇÃO




O presidente regional do MDB, José Lacerda, tenta amenizar o racha no partido, polarizado pelo prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, e a deputada estadual Janaina Riva, há quase um ano. Na visão de Lacerda, o desentendimento é considerado positivo.

O político, suplente do senador Carlos Fávaro (PSD), descarta cunho pessoal e acredita que o distanciamento entre os dois tenha viés político. Ele ainda defende que as brigas políticas sejam interessantes para o crescimento da sigla.

“Todos os partidos que crescem têm disputa interna. Qualquer partido que não tiver disputa interna é porque ele está acabado. Como o MDB é um partido muito forte, é muito bom quando tem essa disputa. Não é uma disputa pessoal, ela é de natureza política, de ocupação de espaço político, de crescimento político”, afirmou.

Lacerda reconheceu a força política de Emanuel, afirmando que o prefeito é visto como um grande líder. Ao mesmo tempo, o presidente da sigla também ressaltou o poder de Janaína. “Ninguém pode negar a liderança dela, né?”, comentou.

Dentro do MDB, Emanuel tem uma “ala” própria de apoiadores, que chegam a fazer oposição à deputada Janaína. Esse grupo também “faz campanha” para que o gestor se lance candidato ao governo nas eleições de 2022, o que viria a contrariar a deputada e outra parte dos emedebistas.

Janaina: Candidatura de Emanuel ao governo é inviável para o MDB

Por sua vez, Janaína está do lado dos que defendem que o MDB deve apoiar a reeleição do governador Mauro Mendes (DEM), somando-se a vozes como a do deputado federal Juarez Costa e dos deputados estaduais Dr. João e Thiago Silva.

Janaina chegou a dizer que Emanuel era uma pessoa pouco presente na sigla e que não saberia dos planos do líder, o deputado federal Carlos Bezerra. A deputada disse, ainda, que, para Emanuel disputar a eleição em 2022, teria que ser em outro partido.

O desentendimento

Emanuel e Janaina estão rompidos desde as eleições de 2020, quando o prefeito chamou o pai da deputada, o ex-deputado José Riva, de “leviano” e "bandido". A fala de Emanuel se deu em razão do acordo de colaboração premiada firmado por Riva, no qual ele reafirmava pagamento de propina aos deputados da Assembleia Legislativa de suas gestões. Emanuel Pinheiro seria um deles e teria recebido cerca de R$ 2,5 milhões em quatro anos.

Após os comentários do prefeito na imprensa, Janaina anunciou oficialmente que apoiaria a campanha de Roberto França (Patriota) ao cargo de prefeito de Cuiabá. Emanuel acabou vencendo as eleições no segundo turno. Desde então, Carlos Bezerra tenta fazer a dupla selar a paz. 

Leia também

Emanuel não vai a encontro do MDB e reunião com Mauro é frustrada

Janaina: Se Emanuel tiver coragem de disputar que procure outro partido

Emanuel diz que é o sentimento da vez: "2022 é que está de olho em mim"

Janaina: Não tem mais clima para Emanuel ficar no MDB, seria melhor se saísse

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER