18 de Julho de 2022, 19h:32 - A | A

Poderes / DOBRADINHA COM MAURO

Pivetta: "Se eu receber o convite para ser vice, respondo em menos de 2 horas"

Mauro já saiu em defesa de Pivetta como vice em várias ocasiões, afirmando que ele seria “o melhor” para a sequência de sua gestão.

LEANDRO MAIA DAFFINY DELGADO
DO CONEXÃO PODER



O vice-governador Otaviano Pivetta (PDT) mantém o clima de suspense e não confirma se aceitará ou não repetir a dobradinha com Mauro Mendes (União Brasil) no projeto de reeleição. Entre os muitos questionamentos durante evento em que Mauro confirmou sua pré-candidatura ao Governo de Mato Grosso, Pivetta afimou que, se for convidado oficialmente para o cargo de vice, a resposta sairá "em menos de duas horas".

O governador já saiu em defesa de Pivetta como vice em várias ocasiões, afirmando que ele seria “o melhor” para a sequência de sua gestão. “Ele sempre disse, mas nós nunca conversamos sobre isso. Ele disse apenas que queria que eu fosse, assim que ele me convidar eu respondo em duas horas”, afirma Pivetta.

>>> Clique aqui e receba notícias de MT na palma da sua mão

 

>>> Receba notícias no Telegram e fique bem informado

O vice-governador disse que foi ao evento agora à noite, em que Mendes anunciou a pré-candidatura oficialmente, apenas como um "apoiador".

  

Agora que ele decidiu, se ele me convidar, nós vamos conversar.”

  

Na avaliação de Pivetta, Mauro tem se mostrado um excelente governador e se credenciou para disputar a reeleição. “Eu acho que Mato Grosso está no caminho certo. Mauro está se mostrando um excelente governador. Se credenciou para pleitear um segundo mandato. Tem meu respeito.

 

 Após anunciar a pré-candidaura, Mauro teceu elogios, fazendo referencias à parceria e lealdade com Pivetta. Mais uma vez, defendeu que ele continue como vice.

“Tenho amplos argumentos para fundamentar esta minha opinião. Não é pelos olhos azuis que ele tem, que aliás não é azul. Não é pelos cabelos loiros, que aliás nem tem quase cabelo. É pelo resultado da parceria, da honestidade, do propósito, da sinergia que nós temos dentro do governo para tocar a administração. Por isso que eu sou claro em externalizar, sempre fui. Nunca hesitei em nenhum momento pela lealdade que eu tenho, pelos anos que convivemos, de outras batalhas que já enfrentamos. Tem estatura para um dia, se for vontade de Deus e do povo, em assumir o Governo do Estado de Mato Grosso”, disse o governador.

A decisão deve ser tomada até o dia 29 de julho, quando o União Brasil realiza a convenção partidária e a chapa ao Governo deve ser fechada.

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER