11 de Agosto de 2021, 20h:22 - A | A

Poderes / 16 DIAS INTUBADO

Rui Ramos volta a MT com médica que recusou ministério e politiza com cartaz

O desembargador foi tratado e acompanhado pela médica Ludhmila Hajjar

DA REDAÇÃO




O ex-presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), desembargador Rui Ramos, voltou a Mato Grosso nesta quarta-feira (11), depois de passar 55 dias internado em hospital particular de São Paulo para tratamento da covid-19. Ele chegou a passar 16 dias intubado em uma UTI em razão do agravamento do caso. Rui Ramos tem 61 anos e é hipertenso.

Ramos posou para foto antes do embarque com um cartaz na mão. "Venci a Covid pela fé e pela ciência", numa clara cutucada nos defensores do tratamento precoce ou uso de medicamentos de eficácia não comprovada, como a hidroxicloroquina,  defendida pelo presidente Jair Bolsonaro.   

Ele foi tratado e acompanhado pela médica Ludhmila Hajjar, que recusou convite do governo para assumir o Ministério da Saúde, após a saÍda de Eduardo Pazuello, no início do ano. “Foi uma ineficiência na adoção de medidas que poderiam ter minimizado muito a prevalência da doença”, disse a médica à CNN no mês de março.

 

Saiba mais

Desembargador Rui Ramos sai de intubação e continua tratamento em SP

Desembargador Rui Ramos é internado em hospital de SP

Desembargador Rui Ramos testa positivo para covid e entra em isolamento

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER