24 de Fevereiro de 2022, 13h:57 - A | A

Poderes / TROCA NA PRESIDÊNCIA

Russi: Volta de Botelho é natural; saio com dever cumprido e gratidão

Max Russi ficou um ano à frente da presidência da Assembleia Legislativa, que volta ao comando de Eduardo Botelho, por decisão do STF

DA REDAÇÃO



O deputado Max Russi (PSB) encarou com naturalidade a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou sua imediata recondução ao comando da Primeira Secretaria da Assembleia Legislativa. O parlamentar definiu o período de um ano, frente dos trabalhos da Presidência da Casa de Leis, como marcante e recompensador.

“A vida é feita de experiências e estar à frente da Presidência da ALMT, por um ano, foi uma das mais marcantes e recompensadoras. Pudemos fazer muito pelo nosso Estado e população, que sempre foi o que me levou a ser deputado. Saio hoje com a sensação de dever cumprido e grato pela oportunidade”, declarou.

Durante seu comando sob os trabalhos legislativos, Max Russi consolidou ações importantes no período de um ano, de acordo com o último levantamento da Casa de Leis. A devolução do duodécimo, na ordem de R$ 50 milhões, a aplicação de R$ 10 milhões no programa de distribuição de renda Ser Família e a aprovação da redução de impostos, para 2022, são destaques dessa atuação.

Foi na gestão do deputado Max Russi que a Assembleia Legislativa articulou a abertura de mais 5 postos de vacinação. Todos em polos importantes, sendo 3 na baixada cuiabana, um em Rondonópolis e um em Tangará da Serra. Só com essa ação, mais de 594.611 pessoas receberam as primeiras doses contra o novo coronavírus.

No mesmo período, a Casa de Leis aprovou a medida, que legalizou a construção da ferrovia estadual, que vai interligar Rondonópolis a Cuiabá, bem como Rondonópolis a Lucas do Rio Verde, além de gerar mais de 240 mil empregos diretos e indiretos, em um investimento de R$ 11 milhões.

Ainda no mesmo período, 11060 proposições no Plenário “Renê Barbour” nos últimos 365 dias, de acordo com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi.

Desse montante, a Casa de Leis apresentou 1.312 são‬ projetos de lei, 473 projetos de resolução, 12 proposta de emenda à constituição, 8498 indicações e 765 requerimentos. Como resultado, foram publicadas 400 leis, 395 resoluções e 7 emendas a constituição.

“Assumo novamente como Primeiro Secretário fazendo aquilo que fizemos tão bem nas últimas gestões, cuidar do melhor uso do dinheiro público e trazer econômica para a Casa. E quero que todos tenham a certeza de que é só o começo de uma caminhada rumo a um futuro com muito mais qualidade de vida para todos os honrados cidadãos de Mato Grosso”, declarou Max Russi.

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER