18 de Setembro de 2021, 14h:30 - A | A

Programas / DETONOU LULA

Damares: Se a mulher brasileira quisesse aborto, Bolsonaro não tinha sido eleito"

Ela ressaltou que o petista desconhece a realidade da população feminina, já que a grande maioria é contra o aborto e defendeu a ampliação de políticas públicas para evitar a gravidez.

MÁRCIA MATOS
DA REDAÇÃO




   Em entreviata ao Conexão Poder, a ministra Damares Alves detonou a defesa do ex-presidente Lula (PT) pela liberação do aborto no Brasil sob o argumento de que esse é um direito da mulher. Ela ressaltou que o petista desconhece a realidade da população feminina, já que a grande maioria é contra o aborto e defendeu a ampliação de políticas públicas para evitar a gravidez.

“Que direito é esse que o resultado é morte? Que direito é esse que não ouve a pessoa que terá sua vida tirada? (...) A mulher brasileira não quer aborto. Se a mulher brasileira quisesse aborto Bolsonaro não tinha sido eleito. A mulher brasileira quer seus filhos alimentados, com saúde e educação. A mulher brasileira quer planejamento familiar. Ela quer ter o direito de não engravidar. Ela não quer ter o direito de matar”, enfatizou.

Damares ainda questiona se Lula já fez aborto e se conhece a dor de um aborto,  para defender a medida.

“Pergunta se ele já fez um aborto. Se fazer aborto é gostoso (...) Ele não sabe o que está falando. A mulher não quer escolher a morte, isso é mentira”, destacou.

Veja o vídeo:

 

 

Assista a íntegra:

 

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER