08 de Julho de 2020, 13h:50 - A | A

Programas / COMITÊ DECIDE

Judiciário de MT prepara retorno de atendimentos presenciais para os próximos dias

O retorno ao trabalho presencial está condicionado à estabilização ou recuo do contágio pelo coronavírus em nosso Estado e à capacidade da rede hospitalar em atender a demanda

MÁRCIA MATOS
DA REDAÇÃO



O Judiciário de Mato Grosso pode voltar ao trabalho presencial no dia 17 de julho, conforme portaria conjunta, mas o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha pontua, ao Conexão Poder, que o teletrabalho pode ser prorrogado, caso não haja condições favoráveis de controle da disseminação de coronavírus.

“O retorno ao trabalho presencial está condicionado à estabilização ou recuo do contágio pelo coronavírus em nosso Estado e à capacidade da rede hospitalar em atender a demanda”, declarou.

A análise está sendo feita pelo comitê de monitoramento da Covid-19 no âmbito do Poder Judiciário, do qual participam os três desembargadores que compõem o Conselho da Magistratura (presidente, vice-presidente e corregedor geral da Justiça), além dos juízes auxiliares, diretoria geral e comunicação.

“Acompanhamos diariamente a situação em todo o Estado e nos reunimos, ordinariamente, às sextas-feiras, naturalmente por meio de videoconferência”, comenta.

O presidente ainda ressalta que o sistema de trabalho de forma virtual têm obtido êxito surpreendente.

“Avançamos de forma muito rápida na implantação do Processo Judicial Eletrônico e adotamos outras inovações em todo o Estado, que inclusive aumentaram a nossa produtividade. Estamos colhendo ótimos frutos desse esforço conjunto”, observou.

Contudo, série de medidas de preparo para o retorno do trabalho presencial têm sido tomadas, como a compra de equipamento de proteção individual. Na última semana foram adquiridas 1,200 máscaras.

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER