16 de Agosto de 2022, 13h:40 - A | A

Programas / "EU QUE SOU A REBELDE?"

"Me recuso mesmo, não subo no palanque do PT", diz Buzetti sobre aliança em MT

Senadora diz que seria incoerente se aproximar de Lula sendo do setor produtivo, mesmo que seu partido tenha se aliado a ele em MT

DO CONEXÃO PODER



A senadora Margareth Buzetti (PP) falou ao Conexão Poder  sobre o fato de não apoiar a candidatura de Lula à Presidência da República, indo na contramão da aliança que seu partido e seu grupo político fizeram em Mato Grosso, compondo federação com a esquerda.

"Eu seria muito incoerente se eu apoiasse o PT, sendo do setor produtivo, pra mim isso não cabe. Não fui eu que mudei, continuo fiel às minhas convicções, valores e me recuso mesmo, não subo no palanque do PT", destacou.

Como o candidato do PP ao Senado, Neri Geller, que compõe a chapa da esquerda em Mato Grosso, e o senador Carlos Fávaro (PSD), do qual ela é suplente, estão liderando a aproximação de Lula com o agro no Estado e ela declara apoio à reeleição do presidente Jair Bolsonaro (PL), passou a ser taxada de rebelde política.

"Engraçado, né? Porque as pessoas que mudam radicalmente, de uma hora pra outra, depois eu que sou a rebelde?", provocou.   

 A senadora ainda detonou a narrativa 'batida' de Lula.

"Eu não me conformo que eu  conheci o Lula quando eu tinha 22 anos e continuo ouvindo a mesma história... Defendendo os trabalhadores, que trabalhadores que ele defende,gente?", criticou  a senadora.

Veja o vídeo:

 

Assista a íntegra:

 

Comente esta notícia

walter liz 16/08/2022

posição coerente , elogiavel

positivo
0
negativo
0

Cleunes 16/08/2022

Vc me representa..... não está na política para ser fantoche.

positivo
0
negativo
0

2 comentários

1 de 1


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER