03 de Setembro de 2021, 18h:00 - A | A

Programas / ASSISTA AQUI

Sindipetróleo: Gasolina custaria R$ 3 sem impostos; só de ICMS seria R$ 1,50 a menos

Diretor executivo do Sindipetróleo explica a política de preços do mercado e indica o que poderia mudar em tributação para que os combustíveis custassem menos

MÁRCIA MATOS
DA REDAÇÃO




Em entrevista ao Conexão Poder, o diretor executivo do Sindipetróleo, Nelson Soares, aponta que a cada R$ 100 de gasolina o consumidor mato-grossense paga hoje R$ 46 só de impostos. Segundo ele, a gasolina poderia custar cerca de R$ 3 na bomba se cortassem os impostos em geral. Somente no caso do ICMS, que é cobrado pelo Estado, o custo a cada litro poderia ser R$ 1,50 mais barato.

De acordo com o diretor, o principal implicador da alta de preços é o mercado, traduzindo, vende caro porque tem quem compre caro. Mas, segundo ele, isso pode mudar a partir de medidas do Governo Federal, criando uma espécie de fundo, para segurar o preço, unificando o ICMS e por fim, privatizando a Petrobras.

Quanto ao Governo do Estado, ele aponta que a medida ideal seria reduzir o ICMS cobrado, já que o caixa está no azul e isso iria gerar preço mais barato na bomba, pois os donos de postos seriam forçados a baixar o preço porque existe concorrência entre eles para vender mais.

Veja a entrevista:

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER