15 de Agosto de 2019, 14h:13 - A | A

Repórter MT / CASA DOS HORRORES II

Câmara de VG rejeita reduzir número de vereadores para cortar gastos em R$ 1 milhão

DA REDAÇÃO



A Câmara de Várzea Grande rejeitou na noite de quarta-feira (14), por 12 votos a 9, o Projeto de Emenda Constitucional que reduziria de 21 para 17 o número de parlamentares a partir de 2021. A proposta de autoria do presidente da Câmara, vereador Fábio José Tardin, o Fabinho (DEM), deve ser apreciada em segunda votação nos próximos 10 dias.

O texto tinha como meta reduzir o custo do Legislativo várzea-grandense já que cada vereador tem salário de R$ 10 mil. Se somado a verba indenizatória, salários dos servidores do gabinete e Previdência Social, o custo alcança os R$ 30 mil, por parlamentar.

Caso o projeto tivesse sido aprovado, a economia anual seria de aproximadamente R$ 1,1 milhão.

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER