29 de Dezembro de 2019, 07h:49 - A | A

Repórter MT / POLÊMICA DO FERIADO

Dia do Evangélico pode ser votado a qualquer momento em 2020

RAFAEL MACHADO
DA REDAÇÃO



O autor da proposta, que visa criar o feriado do Dia do Evangélico em Cuiabá, vereador Marcrean Santos (PRTB) disse que o projeto pode voltar ao plenário a qualquer momento em 2020.
 
Em conversa com a imprensa, o parlamentar comentou que retirou a matéria de pauta da sessão extraordinária de sexta-feira (27), última do ano, após pedido dos vereadores, que entenderam que não era o momento oportuno.
 
"Trabalhamos através de um colegiado, entre companheiros e amigos, atendendo ao pedido de vários vereadores para retirar de pauta nesse momento, entendendo que não era oportuno, eu acabei retirando de pauta e concordando com eles e vamos aguardar o ano que vem. Na verdade o projeto foi tirado de pauta e não de tramitação, então ele pode voltar a qualquer momento. Ele não volta mais esse ano porque hoje é ultima sessão do ano, então não tem como votar, no ano que vem ele pode voltar ou não. Isso cabe se eu entender se devemos apreciar ele novamente", explicou.
 
Em defesa de sua ideia, Marcrean afirmou que o feriado não é ilegal e não trará prejuízos à sociedade. Ele lembra que o Dia do Evangélico já existe, no entanto, é apenas uma data comemorativa no segundo domingo de agosto.
 
"O que nós vamos fazer no ano que vem, nós vamos sentar numa mesa redonda e vamos rever todos os feriados da Capital ou transformar todos em pontos facultativos. Quer dizer não pode pro dia do evangélico e pra todos os outros segmentos pode?", questionou. 
 
A proposta está na pauta de votação desde semana passada. Lideranças comerciais tem ido ao Legislativo para convencer os vereadores a derrubar o projeto. Eles alegam que o novo feriado tratá prejuízos ao setor. O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Cuiabá, Antônio Menegassi lamentou a retira de pauta do projeto pela segunda vez, na última sexta.
 
“Temos certeza que o prejuízo seria imenso, já não bastasse tantos feriados. A lógica seria a redução dos feriados religiosos. Os empresários não concordam com a retirada de pauta. Já é a segunda vez que a gente vem aqui. Essa questão poderia ser resolvida hoje e continuaremos vivendo com esse novo drama de saber se podemos ter ou não um novo feriado no ano que vem”, reclamou na sexta-feira.
 
Caso seja aprovado, o Dia do Evangélico será feriado em Cuiabá no dia 31 de agosto. A proposta tem duas emendas, uma do vereador Dilemário Alencar (Pros), que altera a data para o último domingo do mês de outubro e outra do vereador Adilson Levante, que altera do feriado para última segunda-feira do mês de agosto.

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER