08 de Abril de 2020, 08h:57 - A | A

Repórter MT / 301 ANOS SEM FESTA

Emanuel diz preferir pecar pelo excesso e entrega novas unidades de saúde

O coronavírus deixou a Capital sem festa. Prefeito mantém medidas restritivas e anuncia ampliação da rede de saúde.

MÁRCIA MATOS
DA REDAÇÃO



Cuiabá completa nesta quarta-feira (8) 301 anos de fundação no momento em que o mundo se concentra contra a pandemia do coronavírus. Em entrevista ao #reportermt, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) afirmou que prefere 'pecar por excesso do que por omissão' e anunciou a entrega de novas unidades de saúde.

Desde o mês passado, o prefeito adotou uma série de medidas restritivas para evitar a contaminação em massa, como suspensão das aulas das escolas municipais, eventos comemorativos ao aniversário da cidade e fechamento do comércio. As normas estabelecidas têm sido alvo de críticas devido aos efeitos que podem causar, principalmente na economia. No entanto, o prefeito argumentou que o momento requer cuidado com a vida e que a economia, após a pandemia, poderá ser recuperada. 

“Os números são fundamentais, mas tudo se torna ínfimo diante da vida, tudo se torna pequeno diante do espetáculo da existência que é a vida, que é viver, e viver com saúde”, ressaltou. 

“O isolamento social ainda é a medida mais aconselhável, mais eficiente, mais eficaz para o controle e o combate à proliferação do novo coronavírus, então nesse momento, essa rede de proteção aos mais vulneráveis, ao mais carente, aos menos favorecidos, ao grupo de risco e como todo a população cuiabana é a minha prioridade. Prefiro pecar por excesso do que pecar por omissão”, complementou. 

Entregas

Apesar do momento crítico, o prefeito comentou que deve inaugurar de forma simbólica cinco unidades de saúde ao longo dessa semana, sendo uma delas como apoio para atendimento de casos de coronavírus.

“Não vai ter comemoração, está cancelado, até pelos decretos qualquer tipo de evento, mas algumas unidades eu vou entregar nem que seja sozinho, virtualmente. Unidades como a UPA [Unidade de Pronto Atendimento] Verdão, que vai ser servir como apoio nesse período de pandemia. A unidade básica de saúde do Parque Ohara que vai ser hora estendida e é uma homenagem aos trabalhadores, a Clínica da Família que também vai ser hora estendida da região Norte, a unidade do CPA III e a unidade do Rio dos Peixes mostrando aí a nossa preocupação também com a população rua”, comentou. 

“Todas essas unidades básicas e secundarias que estão sendo entregues, todas elas estão dentro da rede de proteção à saúde e à vida da população cuiabana e dentro da rede de enfrentamento ao novo coronavírus”, emendou. 

Emanuel também destacou a história de resiliência da cidade tricentenária, comentou que o momento de apreensão requer união e solidariedade, e afirmou que prefere 'pecar por excesso do que por omissão'. 

“Do presente para o futuro, que Cuiabá nesses 300 anos de história de resiliência, de solidariedade, de superação, que possamos juntos ver nesse momento uma oportunidade para crescermos enquanto sociedade, para pensar mais no próximo, para unir, para ter mais compaixão dos mais humildes, dos mais carentes, para unirmos enquanto sociedade e entendendo que a sensibilidade, pela dor dos mais fracos, e a solidariedade humana ainda é a melhor posição”, destacou. 

Para o aniversário da Capital, o prefeito pretende realizar algumas ações nas redes sociais, como pronunciamento oficial e uma celebração ecumênica.

 

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER