18 de Agosto de 2020, 11h:40 - A | A

Repórter MT / RECADO A MAURO

Jayme Campos oficializa apoio a Leitão: "Não temos medo de cara feia"

SÍLVIA DEVAUX
DA REDAÇÃO




Caciques do Democratas em Mato Grosso, o  senador Jayme Campos e o ex-governador Júlio Campos,  juntamente com o deputado Dilmar D’al Bosco, oficializaram nesta tarde de segunda-feira (17) apoio à candidatura do ex-deputado Nilson Leitão (PSDB) ao Senado, na eleição suplementar em novembro.

“Estou apoiando o Nilson conscientemente e quero deixar bem claro: não sou Maria vai com as outras. Sou um político independente, não estou no bolso de qualquer um que seja”, proferiu Jayme Campos. Eles fazem parte de uma ala do partido que vão contra a decisão do grupo do governador Mauro Mendes que está apoiando as candidaturas do vice-governador Otaviano Pivetta (PDT) e senador Carlos Fávaro (PSD).

Sem um entendimento de Júlio Campos ter ao menos a primeira suplência em uma dessas duas candidaturas, os apoiadores dele decidiram pela candidatura do tucano. “Sou leal a quem é meu amigo”, afirmou Jayme lembrando que o irmão ficou como a terceira opção do governador e, assim, como fez no passado mais uma vez teria de abrir mão de uma candidatura montada. "Não seria correto", analisou.

“Vamos à luta não temos medo de cara feia”, emendou em discurso aos corregionários, revelando esperar,  além do PSDB, do DEM e do PL, o apoio de outros partidos nesta coligação. Ainda segundo ele, Nilson Leitão será um grande senador, voltado às causas da saúde pública, do produtor, à política social justa e que não defenderá um segmento exclusivo “do Agronegócio”, mas o povo pobre e trabalhador.

Jayme ainda garantiu que estará “na trincheira até os últimos minutos no dia da eleição defendendo Nilson Leitão senador” e que essa eleição vão "ganhar de forma esmagadora” com duas a três vezes mais do que os 300 mil votos que o tucano teve na eleição passada.

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER