13 de Agosto de 2019, 17h:24 - A | A

Repórter MT / NO TSE

Senadora entra com recurso para reverter decisão que cassou mandato

No recurso, recebido pela Corte nesta terça-feira (13), a defesa afirma que Selma Arruda não teve o direito à ampla defesa.

KAROLLEN NADESKA
DA REDAÇÃO



A senadora Selma Arruda (PSL) ingressou junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com um recurso ordinário, para tentar reverter a cassação de seu mandato pela acusação de “caixa dois” e abuso de poder econômico, durante campanha de 2018, conforme decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TER). O recurso foi recebido pela Corte nesta terça-feira (13).

No documento, em forma de antecipação de tutela, a defesa de Selma, assinada por quatro advogados, alegou que a magistrada aposentada teve o direito da ampla defesa cerceado, pelo fato de a Justiça Eleitoral condená-la prematuramente.

“Foi cassado um mandato majoritário, de uma Senadora da República, sem que ela tivesse à disposição os meios de provas inerentes à defesa. É isso que se espera ver corrigido no Tribunal Superior Eleitoral”, destaca trecho de documento.

A senadora alega também que não houve a movimentação de recursos ilícitos em sua campanha e que se observada com mais coerência, verifica-se que ela gastou, praticamente, o mesmo montante que seus adversários. 

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER