14 de Agosto de 2019, 08h:33 - A | A

Repórter MT / CONDENADO A 18 ANOS

TJ livra Bosaipo de prisão ao aceitar suspeição contra Selma

Ex-presidente da Assembleia Legislativa foi condenado por esquema de fraudes ao trocar cheques da Casa na factoring do bicheiro João Arcanjo, mas o TJ considerou que a decisão foi midiática.

KAROLLEN NADESKA
DA REDAÇÃO



A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) anulou, na tarde de terça-feira (13), a sentença condenatória de 18 anos e 4 meses de prisão do ex-deputado e ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Humberto Bosaipo, acusado pelos crimes de lavagem de dinheiro e peculato, enquanto era presidente da Assembleia Legislativa, por trocar cheques da Casa na Factoring Confiança do bicheiro João Arcanjo Ribeiro.

A decisão, acatada com unanimidade, foi tomada mediante relatório produzido pelo desembargador Marcos Machado, onde aponta que a juíza da causa, à época, Selma Arruda, teria priorizado a ação penal pelo fato de o processo ser de “interesse midiático” para ingressar na política.

Em seu relatório, o desembargador Marcos Machado considerou que as três teses apresentadas pela titular da Vara Especializada em Crimes de Corrupção e Financeiros, em face do ex-conselheiro, não demostrava nenhum tipo de parcialidade.

Selma Arruda condenou o ex-conselheiro pelo envolvimento no esquema de fraudes, que se tornou escândalo nacional, que culminou na Operação Arca de Noé.

 

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER