05 de Agosto de 2021, 07h:23 - A | A

Poderes / INSS DO SERVIDOR

Botelho garante que maioria dos deputados vai votar por menor alíquota da previdência

A aprovação da PLC encerrará por hora essa discussão, para que o benefício chegue logo aos aposentados, inclusive sem mais nenhum pedido de vista. Votação ocorre nesta sexta

SILVIA DEVAUX
DA REDAÇÃO




O deputado Eduardo Botelho (DEM) comentou,  após o deputado Lúdio Cabral (PT) pedir vista do Projeto de Lei Complementar nº 38/2021, dos descontos da Previdência Estadual, que já conta com o voto favorável de 15 parlamentares.

Lúdio pediu 24 horas para ter conhecimento de toda a proposta e já adiantou que vai apresentar uma emenda ao PLC, que Botelho comentou com a imprensa que será rejeitada pelos deputados.

Leia também:

Deputados podem decidir no fim de semana mudança em desconto a aposentados e servidores de MT

Propostas de deputados para a previdência recriam projetos de Mauro; entenda

"Tenho 15 deputados que aprovaram esse acordo feito com o governo. Se eles aprovaram vão ter que manter o que foi acordado lá. E, assim, não podemos aceitar a emenda do Lúdio", esclareceu o democrata.

Os parlamentares chegaram a um entendimento da discussão que vem desde o ano passado.

"A luta não se encerra aqui, mas continuamos a discussão e daqui a pouco pode haver novas mudanças, para haver mais concessões".

A aprovação da PLC encerrará por hora essa discussão, para que o benefício chegue logo aos aposentados, inclusive sem mais nenhum pedido de vista. É o que espera Botelho, que é o presidente da Comissão Especial da Previdênciada da ALMT.

Dessa forma, o governador Mauro Mendes (DEM) também se comprometeu a não vetar ou judicializar aprovação dos deputados. 

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER