12 de Julho de 2021, 17h:22 - A | A

Poderes / PARA ABRIR VAGAS DE UTI

Governo vai transferir pacientes com covid da Santa Casa para o Metropolitano

Esse remanejamento de pacientes será feito a partir de quanto a taxa de lotação de UTIs covid cair para 60% em Mato Grosso.

DAFFINY DELGADO
DA REDAÇÃO




O governador Mauro Mendes (DEM) revelou que assim que a taxa de ocupação das UTIs para pacientes com covid cair para 60%, o governo do Estado irá remanejar os internados no Hospital Santa Casa, em Cuiabá, para o Hospital Metropolitano em Várzea Grande. O objetivo é liberar as vagas de UTI para pacientes não infectados pelo coronavírus.

Com isso, o Estado vai poder retomar as cirurgias eletivas. Atualmente faltam leitos de UTI não covid pela rede pública em Mato Grosso.

Mauro afirmou à imprensa que o projeto de remanejamento visa retirar 100% das atividades covid da Santa Casa em Cuiabá.

“Esta semana estive com eles, na semana passada também, com o secretário Gilberto e com a equipe da saúde que cuida desse assunto, e nós imaginamos que quando abaixar de 60% nós já tenhamos condições de fazer essa transferência”, ressaltou.

Leia também:
Mato Grosso pode instalar barreiras sanitárias para evitar invasão de variante

Na última segunda-feira (05), o governador publicou em edição extra do Diário Oficial, o Decreto n° 989, que autoriza o retorno das cirurgias eletivas. A publicação revoga o inciso II, do art. 3º do Decreto nº 413, de 18 de março de 2020, em que estabelecia a suspenção de cirurgias eletivas no Estado devido à pandemia.

Para isso, Mauro ainda destacou que serão investidos mais de R$ 105 milhões e que fechará parcerias com municípios e iniciativa privada.

“Faremos um programa de desinfecção e aí liberar todo nosso complexo, que são 10 salas cirúrgicas muito bem equipadas para iniciar, imediatamente, o programa de cirurgias eletivas. Mas independente disso, os hospitais regionais estarão sendo preparados, vamos trabalhar com os hospitais regionais e iniciativa privada, queremos implementar e investir em cirurgias. Serão R$ 105 milhões de reais em cirurgias e procedimentos eletivos no Estado de Mato Grosso", destacou governador.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) informou nesta segunda-feira (12), que a taxa de ocupação está em 75% para UTIs adulto e em 28% para enfermarias adulto. Atualmente, 12.344 vieram a óbito em Mato Grosso em decorrência da covid.

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER