20 de Setembro de 2021, 07h:43 - A | A

Poderes / "QUEDA DE BRAÇO II"

Mauro diz que Emanuel não manda sozinho em Cuiabá e vai continuar obra do BRT

A declaração faz referência ao fato do emedebista ter dito, no fim de semana, que o prefeito é quem manda na cidade e dificilmente o BRT sairia do papel.

MÁRCIA MATOS
DA REDAÇÃO




O governador Mauro Mendes (DEM) respondeu, nesta segunda-feira (20), que o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) não manda sozinho na Capital e o processo de implantação do BRT vai continuar. A declaração do democrata ocorreu em entrevista ao jornal Bom dia Mato Grosso, da TV Centro América, e faz referência ao fato do emedebista ter dito, no fim de semana, que o prefeito é quem manda na cidade e dificilmente o BRT sairia do papel.

Mauro apontou que Emanuel e precisa respeitar a democracia.

Leia mais: Emanuel: Quem manda em Cuiabá é o prefeito; BRT dificilmente sai

"Nem eu mando sozinho em lugar nenhum. Temos que respeitar; respeitar a Assembleia Legislativa, o Poder Judiciário, o Tribunal de Contas e ele também não manda sozinho em Cuiabá, ninguém manda. Vivemos em uma democracia e vamos continuar com o processo, porque já está comprovado que é a melhor solução", ressaltou.

O governador ainda criticou que o prefeito "joga contra".

"Lamento muito a postura dele, porque ela joga contra a população da nossa cidade. É uma obra horrível (VLT), que está aí parada. O VLT é filho da corrupção", pontuou.

Mauro destacou também que a troca do modal será mais econômica tando para o Estado, como para os usuários que ao invés de pagarem uma tarifa de R$ 5, vão pagar R$ 3.

 

 

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER