25 de Outubro de 2021, 17h:00 - A | A

Poderes / PREFEITO AFASTADO

"MDB nunca abandonou Emanuel, mas precisamos distinguir o que é partido do que é gestão", diz presidente

Presidente municipal do partido argumenta que o fato do MDB não ter se manifestado em apoio ao prefeito Emanuel Pinheiro significa que a sigla tenha abandonado o gestor

DAFFINY DELGADO
DA REDAÇÃO




O presidente do MDB municipal, José Lacerda rebateu as críticas de que o partido tenha abandonado o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), após ele ter sido afastado, pela Justiça, da gestão de Cuiabá.

“Ele nunca foi abandonado pelo MDB, mas precisamos distinguir o que é partido político, gestão política, gestão pública, o que é decisão de um processo administrativo e de um processo judicial. Então, nós precisamos respeitar todos os princípios de uma natureza condicional. Como vamos contrapor a um processo de um levantamento investigatório?”, argumentou ao ser questionado sobre o fato do MDB não ter publicado nenhuma manifestação a respeito do afastamento.

Leia também:
Stopa assume comando da Prefeitura de Cuiabá em ato discreto na Câmara

Mahon diz que decisão que afastou Emanuel é frágil e que STJ deve reverter

Lacerda ainda defendeu que Emanuel não pode ser tratado como condenado e descarta que o afastamento seja o fim da carreira política do emedebista.

Ele ainda citou exemplos dos ex-presidentes Fernando Collor e Dilma Roussef, que chegaram a ter seus mandatos cassados e continuam atuando politicamente.

Entenda

Emanuel já está afastado desde terça-feira (19), por decisão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso no âmbito da Operação Capistrum, que apura danos ao erário devido a contratações temporárias, que ocorreriam com o objetivo de favorecimento político.

Comente esta notícia



GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER