13 de Agosto de 2021, 09h:07 - A | A

Poderes / ACUSADO DE FAKE NEWS

Medeiros vê reação do Ministério Público “desproporcional” e aciona CNMP

Para Medeiros, o MP pode estar sendo usado de forma política para afetar sua imagem

CAMILLA ZENI
DA REDAÇÃO




Acusado de usar documento sigiloso para espalhar fake news, o deputado federal José Medeiros (Podemos-MT) considerou desproporcional a reação do Ministério Público de Mato Grosso (MPE), e afirmou que vai acionar o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Para Medeiros, o MP pode estar sendo usado de forma política para afetar sua imagem.

O parlamentar foi acusado de manipular informações sobre a eleição de uma instituição beneficente, que está em investigação no MPE, para espalhar notícias falsas em relação à segurança da urna eletrônica. O caso foi denunciado pelo próprio MPE nesta semana, que afirmou que acionará a Procuradoria Geral da República e a Comissão de Ética da Câmara dos Deputados.

Leia também - MPE aciona PGR e Comissão de Ética contra Medeiros por fake news sobre urnas

Medeiros, porém, disse, por meio de nota, que recebeu a informação sobre a investigação do MPE, que está em andamento desde 2019, no momento da discussão nacional em relação ao voto impresso auditável, cuja Proposta de Emenda Constitucional (PEC) foi rejeitada durante votação na Câmara nessa semana.

Na nota do MPE, o órgão diz que Medeiros agiu de má fé e criminosamente, uma vez que as informações divulgadas estavam em segredo de Justiça. Para o deputado, essa reação é “incompreensível”.

“Diante da situação, que configura um cerceamento do exercício do debate político, o deputado vai acionar o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) para investigar o suposto uso político do MP de Mato Grosso”, informou o deputado.

Confira a nota na íntegra abaixo:

No momento de discussão nacional sobre o voto impresso auditável, o deputado federal José Medeiros recebeu a informação sobre um processo de investigação de duplicidade de resultado no pleito eleitoral da Associação Beneficiente de Saúde dos Militares de Mato Grosso. O processo tramita na Justiça desde 2019.

Ao divulgar a ação e a possível fraude no processo eleitoral, Medeiros foi alvo de uma reação desproporcional e incompreensível por parte do Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPE-MT), que se manifestou atacando o parlamentar eleito pela população mato-grossense.

Diante da situação, que configura um cerceamento do exercício do debate político, o deputado vai acionar o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) para investigar o suposto uso político do MP de Mato Grosso.

Independentemente do ocorrido, José Medeiros reafirma o seu apreço e respeito pelo Ministério Público e seus membros.

Comente esta notícia

Pedro 13/08/2021

Deve ta falando mais fino ainda

1 comentários

1 de 1


GRUPO ANDRÉ MICHELLS

Rua das Orquídeas, 247 Bosque da Saúde Cuiabá - MT 78050-010

(65)33583076

RepórterMT
G5 NEWS
CONEXÃO PODER